Opinião de especialistas

Comentário sobre o artigo

A pragmatic trial of e-cigarettes, incentives, and drugs for smoking cessation

Publicado na NEJM em 23/maio/2018

   Carlos Alberto de Barros Franco    Coordenador de Pneumologia PUC-Rio  Diretor Médico Clínica Barros Franco  Membro da Academia Nacional de Medicina

Carlos Alberto de Barros Franco

Coordenador de Pneumologia PUC-Rio

Diretor Médico Clínica Barros Franco

Membro da Academia Nacional de Medicina

Artigo baseado em um trabalho realizado com 6.131 fumantes funcionários de 54 companhias diferentes, sendo que 125 decidiram sair do grupo ficando como amostra a ser analisada 6.006 ditos voluntários. Foram comparados o sucesso na suspensão de tabagismo no sexto mês de acompanhamento com diferentes formas motivadoras, tais como aconselhamento: uso de cigarro eletrônico de nicotina e um prêmio em dinheiro. No trabalho, o índice de sucesso em parar de fumar durante 6 meses foi significativamente maior nos que receberam um prêmio em dinheiro.

Considerando que o tabagismo é uma dependência química à nicotina do cigarro e que a experiência internacional mostra que o maior índice de sucesso ocorre nos pacientes que no momento da parada estão convencidos da importância de parar de fumar para sua qualidade de vida, acredito que ocorreram alguns fatos que podem comprometer o sucesso no programa para parar de fumar. Normalmente, os pacientes que desejam parar de fumar recebem suportes nas suas dificuldades com terapia de apoio e utilizam medicamentos para diminuir as manifestações da síndrome de abstinência, por isso acredito que o resultado encontrado neste estudo pode ser comprometido.

O sucesso nos programas de suspensão de tabagismo é medido pelo número de pessoas que param de fumar em 6 meses, mas o mais importante é o número dos ex-fumantes que não voltam a fumar, ou seja, o número dos que não recaem.

Acho provável que o acompanhamento dos que pararam em 6 meses devido ao prêmio em dinheiro terão um percentual de recaída maior do que os que abandonaram com suporte psicológico e medicamentoso. Acredito que o prêmio em dinheiro não seja o caminho para estimular a suspensão do tabagismo, mas sim trabalhar pela prevenção do início do tabagismo no jovem.

Leia o artigo publicado neste link.