Escola Médica de Pós-Graduação participa da XVI Mostra PUC

 Dra. Fernanda Brandão, Dra. Caroline Cysne, Profa. Teresa Seiler, Prof. Roberto Lourenço e Dra. Fernanda Paz

Dra. Fernanda Brandão, Dra. Caroline Cysne, Profa. Teresa Seiler, Prof. Roberto Lourenço e Dra. Fernanda Paz

por Letícia Oliveira

No primeiro dia da XVI Mostra PUC, ocorreram, no pilotis do prédio Kennedy, atendimentos médicos nas especialidades de Dermatologia e Alergia. As consultas foram realizadas por alunos da Escola Médica de Pós-Graduação (EMPG) da PUC-Rio, sob orientação dos professores.

Para o diretor da EMPG, Prof. Roberto Lourenço, é de suma importância a participação desses profissionais no evento. "A Mostra é o espaço de convivência da Escola Médica com as outras áreas da Universidade, além de fortalecer a área de Saúde da instituição, ainda pouco visível". Com o projeto da graduação de Medicina em desenvolvimento, espera-se que a Mostra ofereça, futuramente, mais contatos com a área de Saúde. "Os alunos de Medicina não encontram, ainda, muito contato com os profissionais de sua área no evento", ressalta Lourenço. Sobre os atendimentos, o diretor acredita que tenham muita importância na inserção dos futuros Médicos na realidade profissional.

A coordenadora do curso de especialização em Alergia e Imunologia, Professora. Teresa Seiler acredita que a Mostra PUC é sinônimo de engajamento e visibilidade para os profissionais. "Para a população, o atendimento é muito importante, porque orienta os pacientes sobre dúvidas frequentes em cada especialidade. Para os médicos é uma forma de interagir com outras áreas e profissionais da Universidade".

Uma das médicas presentes no evento foi a pós-graduanda em Dermatologia Fernanda Brandão. Para ela, as consultas devem ser focadas em tentar diagnosticar algum problema, fazendo uso do dermatoscópio. "Conseguir ajudar e tirar dúvidas é o objetivo do nosso atendimento". A estudante de Alergia Caroline Cysne busca detectar problemas e encaminhar os pacientes ao procedimento correto. "É muito importante esclarecer os problemas e suas soluções". Fernanda Paz, também aluna da especialização em Alergia, objetiva orientar seus pacientes e interagir com outros meios, a fim de ampliar o conhecimento e trocar informações e experiências.

Daniel, estudante do segundo período de Engenharia da PUC-Rio, buscou atendimento no consultório de Alergia e saiu bastante satisfeito. "Fui atendido por um médico jA? experiente e muito qualificado".